Depois do YouTube Kids, o Google agora tem uma “versão juvenil”

O YouTube anunciou um novo recurso de restrição de conteúdo para adolescentes na quarta-feira (24). Com esta opção, os pais podem controlar quais tipos de vídeos seus filhos podem acessar na plataforma. A empresa afirmou em seu blog que o plano é ajudar filhos de pais que são muito velhos para usar o aplicativo YouTube Kids, mas muito jovens para acessar o site por completo.

As famílias podem escolher configurações com base na idade de cada criança e controlar o que pode ser visto por meio de Contas do Google supervisionadas e Links de família do Google. A plataforma fornecerá três opções:

Explorar: adequado para crianças que vão sair do YouTube. Essa configuração conterá uma ampla variedade de vídeos e geralmente é adequada para crianças a partir de 9 anos.

Exploração adicional: esta categoria é adequada para espectadores maiores de 13 anos e incluirá mais vídeos e transmissões em tempo real.

A maior parte do YouTube: esta opção inclui quase todos os vídeos do YouTube, exceto vídeos com restrição de idade, e é adequada para adolescentes mais velhos.

Além de selecionar o conteúdo, os pais também podem acessar o histórico de pesquisa da conta de seus filhos. O YouTube enfatiza que as famílias não devem ver a iniciativa como uma solução final, pois o sistema pode dar errado.

Inicialmente, a nova função de controle deverá ser lançada na versão beta. A versão completa funcionará nos próximos meses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *